Com o crescimento do mercado de franchising no país, muitos empreendedores se perguntam qual é o modelo mais seguro para investir: franquia ou negócio próprio? Ambos apresentam benefícios e riscos. A resposta para essa questão depende, principalmente, dos objetivos e do perfil do empreendedor.

As franquias oferecem a possibilidade de o franqueado replicar um modelo de negócio estruturado, reduzindo os riscos e aumentando as chances de sucesso. Contudo, se o empresário possuir uma ideia inovadora e que tenha espaço no mercado, criar uma empresa do zero pode ser mais vantajoso.

Antes de tirar as ideias do papel e dar o primeiro passo, é preciso conhecer seu perfil de empreendedor para depois decidir o que corresponde aos seus objetivos. Mas como decidir entre franquia ou negócio próprio? A seguir, vamos te ajudar. Continue a leitura!

Conheça seu perfil

Ao abrir uma rede de franquias, o franqueado deverá seguir normas e regras contratuais, sem espaço para alterar produtos ou processos do negócio.

O modelo de franchising consiste em padronizar suas unidades para replicar a mesma qualidade e elementos da marca, aumentando as chances de êxito. Para empreendedores criativos e que gostam de seguir as próprias regras, abrir uma franquia não é uma opção aconselhada.

Calcule seu investimento

Criar uma empresa do zero costuma ser mais barato no início, porém, estabilizar a marca no mercado e validar seu modelo de negócio pode sair mais caro no médio prazo. Em uma franquia, o empreendedor não terá que gastar para construir uma marca, já que a franqueadora, em regra, possui um modelo de negócio sólido no mercado.

No entanto, o investimento costuma ser maior: além da taxa de franquia, o franqueado deverá contribuir com uma taxa de marketing e pagar os royalties dos produtos ou serviços comercializados.

Analise os riscos

As franquias possuem riscos reduzidos, mas o sucesso de sua unidade vai depender do investimento pessoal do franqueado e de seus colaboradores.

Ao abrir uma empresa do zero, o empreendedor assume mais riscos ao preço de mais liberdade no negócio. Se você possui uma ideia realmente inovadora e deseja ter mais autonomia na gestão, criar uma empresa é a melhor opção.

Estude suas ideias

Se o empresário possui uma ideia original e inovadora ou apresenta um conjunto de opções que solucione problemas de um nicho de mercado, a dica é criar uma empresa do zero para se destacar no mercado.

Por outro lado, se a ideia principal do negócio for reproduzir modelos que já fazem sucesso no mercado, pode ser muito arriscado. O investimento pode sair caro e com poucas garantias de atingir os objetivos determinados.

Procure por consultoria

Os primeiros passos são essenciais para o sucesso de uma empresa. Para quem está criando um negócio do zero, a falta de apoio e suporte podem ser bastante danosas. O treinamento de guias que ensinam como operar o negócio é uma das grandes vantagens em abrir uma unidade franqueada.

Depois de analisar todos esses pontos e pesquisar as melhores opções para o seu perfil, você saberá decidir entre franquia ou negócio próprio com muito mais segurança.

E você, já sabe em qual modelo de negócios investir? Conta pra gente como está sendo sua experiência! Deixe seu comentário!