Você está buscando uma forma de aprimorar seus conhecimentos sobre os temas aprendidos durante a graduação? Que tal optar por um curso de extensão? Não conhece essa modalidade de ensino? Calma, nós explicaremos.

Atualmente, esses cursos podem ser presenciais, online ou, ainda, mesclando as duas formas. Eles oferecem experiências diferenciadas do processo de ensino tradicional ao se aprofundarem em temas específicos e priorizarem experiências reais para o aluno.

Ficou interessado? Então, continue a leitura. No texto de hoje vamos explicar o que são esses cursos e como eles podem valorizar seu currículo.

Afinal, o que são cursos de extensão?

O curso de extensão é uma modalidade de ensino para profissionais e estudantes que desejam atualizar seus conhecimentos. Eles não são equivalentes à pós-graduação, pois, em sua maioria, não exigem a graduação em curso superior como pré-requisito para os alunos.

Além disso, não podem oferecer diplomas, mas certificados. Entretanto, para o estudante que está buscando complementação dos seus estudos, enriquecimento do currículo e aquisição de experiências em áreas específicas, esse pode ser o caminho para o sucesso.

A modalidade também é uma excelente escolha para quem precisa cumprir horas de atividades extracurriculares como parte dos requisitos para obtenção de diploma de curso superior. Isso porque esses cursos têm como base a integração do processo científico e educativo.

Segundo o Ministério da Educação (MEC), as atividades acadêmicas desenvolvidas nesses cursos devem atender às demandas da sociedade e às necessidades educacionais. Ou seja, suas horas extracurriculares serão cumpridas em atividades positivas que beneficiam a sociedade diretamente.

De que forma os cursos de extensão enriquecem o currículo?

Já no mercado de trabalho, o profissional também pode agregar credibilidade ao currículo ao se certificar em um curso de extensão. Estudantes e profissionais que se atualizam e se especializam constantemente deixam claro para recrutadores e gerentes de RH que:

  • Possuem bagagem de atuação na área;

  • São profissionais qualificados;

  • São pró-ativos e possuem interesse genuíno em suas áreas;

  • Reconhecem a existência da concorrência e buscam se destacar.

Percebeu como as vantagens também se estendem a alunos que já estão no mercado? E não para por aí.

Quais os outros benefícios?

Como já dissemos, essa modalidade de curso identifica uma demanda da sociedade e leva seus estudantes a encontrarem possíveis soluções para tais demandas. E é essa integração com a realidade que é o verdadeiro diferencial do curso de extensão. Eles promovem mais do que uma capacitação; há verdadeiramente uma experiência de mercado e atualização profissional.

Para que essa experiência seja efetiva, as instituições buscam:

  • Inserir os alunos na prática do planejamento e execução de ações e projetos reais que terão impacto direto na sociedade;

  • Levar os alunos ao mercado para conhecer outros projetos e trabalhos semelhantes de outras instituições e empresas (públicas e privadas);

  • Ambientar o aluno com o mercado ao ampliar na prática o ensino teórico;

  • Integrar os alunos em eventos na área.

Além de todas as vantagens apresentadas, vale lembrar que o curso de extensão é uma excelente opção para quem precisa se atualizar, mas dispõe de pouco tempo. Em um curto período, esses cursos possibilitam um upgrade para o estudante e profissional.

Ficou interessado em aprimorar seu currículo fazendo um curso de extensão? Comente e compartilhe com a gente qual a sua área de interesse.